Um dos desafios da Aprosoja é a comunicação com a sociedade, diz presidente

Associação quer desmistificar que agro é o vilão da economia
Foto: Capital Notícia

Um dos maiores desafios da nova gestão da Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso, a Aprosoja, que tem Fernado Cadore como presidente até 2024, é a comunicação, tanto interna, como com a sociedade.

Cadore, que nesta semana participou de uma entrevista no Jornal da Capital 1ª edição da Rádio Capital FM, admite a falha. “A comunicação é um desafio para nós, o produtor sempre soube chegar, produzir, transformar, e nós somos muito falhos na comunicação, é um desafio para nós aprender a nos comunicar entre nós e a sociedade”.

O presidente da instituição assegura que tem trabalhado para mudar essa realidade e tem tentado desmistificar que o agronegócio seja o vilão da economia. 

“Iniciamos projetos de comunicação, contra o incêndio agora, teve um vídeo que nós produzimos mostrando que o produtor não é o responsável pela queimada, como se uma pessoa tivesse colocando fogo no negócio dela e em todas as áreas que a gente precisa nos comunicar, com relação ao zoneamento fizemos lives em todas as regiões do estado, estamos tentando nos comunicar, mas eu admito como líder classista que é um desafio que a gente iniciou, é um combate pra tentar sermos pelo menos melhores compreendidos, e não deixar que narrativas falsas, pelo menos temos a obrigação de mudar as narrativas”.

Sobre a relação com o público que não é da área do agro, Cadore também aponta que qualquer sugestão e ajuda é bem-vinda para modificar realidade. “A gente conta com sugestões e estamos abertos a crescer e aprender a nos comunica melhor”.

Leia também

Deixe seu comentário!