FG ASSESSORIA

Tóquio 2020: Neve falsa pode ser usada para refrescar os espectadores

Com temperaturas muito altas nos últimos verões, os organizadores das Olimpíadas tem procurado uma solução rápida e eficaz para o problema

em 16/09/2019

Tóquio 2020

*OlharDigital

A 10 meses para as Olimpíadas de Tóquio 2020, os organizadores estão experimentando várias maneiras de manter os espectadores mais refrescados durante o calor que deve ocorrer nos Jogos de Verão. Com máquinas de neblina e os chamados "chapéus de guarda-sol", os organizadores testaram recentemente a eficácia de um equipamento de neve na Sea Forest Waterway, na Baía de Tóquio, local para remo olímpico e paralímpico e eventos de canoagem.

Os organizadores estavam ansiosos para saber se isso poderia servir como uma maneira de impedir o superaquecimento dos espectadores. Durante o teste na sexta-feira (13), a máquina produziu cerca de 300 kg de neve falsa sobre uma multidão de voluntários sentados nas arquibancadas. Mas parece que o experimento não foi tão bem conforme o planejado.

Em vez de flocos leves e fofos de neve flutuando do céu, a multidão teve que suportar o que o Japan Times descreveu como "cacos de gelo raspado". O veículo ainda acrescentou que com tanta neve falsa caindo em poucos minutos, a multidão foi "rapidamente encharcada" e o "piso ficou escorregadio".

Além disso, quando mediram a temperatura ao redor do suporte após a queda de neve, descobriram que era exatamente a mesma de antes. "Estamos tentando todo o possível para aliviar os riscos do calor", disse Taka Okamura, membro do comitê organizador de 2020, ao Times.

"Isso não serve para esfriar toda a atmosfera, mas faz com que os espectadores se sintam refrescados quando os flocos de gelo os tocam", esclareceu Okamura, ao mesmo tempo em que admitia que o sistema precisa de um ajuste.

A questão do calor é séria para os organizadores das Olimpíadas de Tóquio, que se preocupam não apenas com o bem-estar dos espectadores, mas também com atletas e voluntários. No espaço de apenas uma semana no final de julho de 2019, mais de 18 mil pessoas em todo o Japão foram hospitalizadas com suspeita de insolação, com cerca de 60 mortes relatadas.

Via: Digital Trends



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias