Suplente de vereador não resiste e morre vítima da Covid-19

Bastante conhecido no meio cuiabano, Welson atuou na Escola Estadual Pascoal Ramos
Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

O professor e suplente de vereador Welson Mesquita, 55, é mais uma vítima da Covid-19. Ele estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em uma unidade hospitalar de Cuiabá, mas infelizmente não resistiu e veio a óbito na manhã desta quinta-feira (06.05).
Bastante conhecido no meio cuiabano, Welson atuou na Escola Estadual Pascoal Ramos e era muito querido pelos alunos e colaboradores. Em nota, a instituição lamentou a morte do educador.

“Dói muito dizer-lhe adeus, professor, mas resta o consolo de saber que sua marca neste mundo nunca desaparecerá”, diz trecho da publicação.

Nas redes sociais, amigos também prestaram homenagem ao professor por sua perda prematura.

“Ficam os momentos de risadas da época de escola e um amigo para toda a vida”, “Sem palavras. Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos” são algumas das publicações.

Além de professor, Welson também atuou na política. Em 2018, chegou a ser suplente do vereador Wilson Kero-Kero (Podemos) e assumiu o cargo, por 30 dias, período em que o parlamentar se afastou para cuidar de assuntos particulares.

Nos pleitos eleitorais do ano passado, concorreu ao cargo de vereador pelo partido Republicanos, recebeu 1.852 votos e ficou como suplente.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) também emitiu nota nesta terça-feira (06). Na declaração, o chefe do Alencastro destacou a passagem do suplente e o definiu como um homem "aguerrido e de rígido caráter”.

“Infelizmente, é mais um amigo, um companheiro com quem deixaremos de conviver em razão dessa doença tão implacável. Perdemos um excelente professor, um homem aguerrido, de rígido caráter. Deixo minhas condolências e orações à família nesse momento de tanta dor”, declarou Emanuel Pinheiro.

Informações sobre enterro de Welson não foram divulgadas.

Leia também

Deixe seu comentário!