FG ASSESSORIA

Sobrinho que matou tia e arrancou coração dela diz: 'ela mereceu morrer'

Após ser interrogado, Lumar falou com a imprensa e não mostrou estar arrependido.

em 11/07/2019

Repórter MT

Lumar Costa da Silva, 28 anos, confessou ter matado e arrancado o coração da tia Maria Zélia da Silva Cosmos, 55 anos, durante interrogatório na Delegacia de Sorriso (a 420 km de Cuiabá), na quarta-feira (10). O crime bárbaro aconteceu na no bairro Vila Bela, no dia 02 de julho.

Após ser interrogado pelo delegado André Ribeiro, Lumar falou cerca de 10 minutos com a imprensa na delegacia e não mostrou arrependimento pelo crime.

Ele disse que matou a tia porque ela mereceu e que não se arrepende. Também afirmou eu ouve vozes do Universo e que queria fazer uma revolução. Lumar ainda disse que estava apaixonado por uma criança de 7 anos e queria a beijar.

“Eu tenho a declarar que eu matei ela mesmo. Não me arrependo de ter matado; ela mereceu morrer, porque ela estava me sacaneando, falando pelas costas, me chamando de veado, me difamando para todo mundo, me chamando de drogado, arrumando confusão para mim no bairro e eu só queria paz, mas ela ficou teimando em fazer isso”, afirma o assassino.



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias