Senador Fávaro defende estadualização de trecho da BR-158

Ele destacou que ela conta com a anuência do governador Mauro Mendes (DEM)

O senador Carlos Fávaro (PSD-MT) propôs ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, a transferência ao Estado do trecho da BR-158 que passa por dentro da Reserva Indígena Marãiwatsédé. A solução foi apresentada pelo parlamentar nesta quarta-feira (3) durante reunião da bancada de Mato Grosso com o ministro.

Ao apresentar a proposta, o senador destacou que ela conta com a anuência do governador Mauro Mendes (DEM), que está disposto a reduzir os muitos problemas  enfrentados pela população da região do Araguaia.

"São, ao todo, 126 quilômetros que passam por dentro da reserva e que estão em situação jamais vista em termos de precariedade. Por isso, entendo que o ministro pode repassar o trecho ao Governo de Mato Grosso, que atuaria para, em um primeiro momento, melhorar a trafegabilidade da estrada", pontuou Fávaro ao ministro.

Desde o início dos trabalhos à frente da pasta, Tarcísio tem alegado que o grande entrave para a pavimentação da rodovia é o licenciamento ambiental. "Nós, em Mato Grosso, já temos o conhecimento para destravar a obra da BR-158, assim como foi feito na MT-235, entre Sapezal e Campo Novo do Parecis, que passa por uma área indigena".

Assim, ressaltou Fávaro, o Governo Federal pode se concentrar nas obras do novo traçado da BR-158, que contornará a terra indígena. "O ministro já havia informado que esta obra foi dividida em dois lotes, mas até o momento nada foi feito. Com esta transferência, ele poderá focar o trabalho no contorno enquanto o governo estadual atua para auxiliar a tão sofrida população do Araguaia".

Leia também

Deixe seu comentário!