Rússia pretende lançar versão nasal da vacina Sputnik V para crianças de 8 a 12 anos

Chefe do Instituo Gamaleya disse a Putin que produto foi testado com sucesso, mas não detalhou quantas crianças já tomaram o imunizante
Foto: Jorge Bernal / AFP

A Rússia testou uma versão em spray nasal de sua vacina contra Covid-19, a Sputnik V, adequada para crianças de 8 a 12 anos, e planeja lançar o novo produto em setembro, disse neste sábado (12) o cientista que liderou o desenvolvimento do imunizante.

Alexander Gintsburg, que dirige o Instituto Gamaleya, disse que o spray para crianças usa a mesma vacina da Sputnik V injetável mas, "em vez de uma agulha, um bico é colocado" no frasco. As informações são da agência de notícias Tass.

A vacina infantil deve estar pronta para distribuição até 15 de setembro, disse Gintsburg, citado durante uma reunião com o presidente Vladimir Putin.

O grupo de pesquisa responsável testou a vacina em crianças com idades entre 8 e 12 anos e não encontrou efeitos colaterais, incluindo nenhum aumento na temperatura corporal, disse Gintsburg em comentários relatados pela Tass.

"Estamos inoculando nossos pequenos (pacientes) por via nasal, estamos apenas administrando a mesma vacina como um spray nasal", disse Gintsburg, sem dar mais detalhes sobre o estudo, como quantas crianças estavam envolvidas.

Leia também

Deixe seu comentário!