Proteção de segurança quebra e 7 morrem; veja as imagens

Jovens despencaram do último andar

A queda em um vão livre dentro do edifício da Universidade Pública de El Alto (UPEA), na Bolívia, causou a morte de ao menos sete jovens entre 21 e 23 anos de idade nesta terça-feira (2), segundo informações da polícia.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram que os estudantes despencaram quando um guarda-corpo se rompeu no momento em que uma massa de pessoas se aglomerava num andar alto do prédio.

Os vídeos mostram os jovens caindo e, em seguida, alguns deles estirados no andar térreo, já sem se mover. Segundo a imprensa local, inicialmente três jovens haviam morrido, mas depois pelo menos outros quatro acabaram não resistindo aos ferimentos.

A polícia investiga as responsabilidades no caso.

“Lamentamos a tragédia ocorrida na Universidade Pública #ElAlto (UPEA), onde ocorreram várias mortes e feridos. Nossas mais sinceras condolências ao povo de El Alto e às famílias enlutadas. Aguardamos o pronto esclarecimento dos fatos ”, postou o presidente boliviano Luis Arce em seu perfil no Twitter. A cidade de El Alto, onde aconteceu a tragédia, é vizinha à capital La Paz.

Leia também

Deixe seu comentário!