Segundo os organizadores, 1,5 mil produtores participam da mobilização.

Produtores rurais protestam contra taxação do agronegócio

Gazeta Digital

Produtores rurais de dezenas cidades de Mato Grosso estão em protesto pelas vias do Centro Político Administrativo (CPA) contra a taxação do agronegócio. O Movimento é liderado pela Associação dos Produtores Rurais de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja).

Denominado "Movimento Mato Grosso Forte - Quem paga imposto cobra resultado", a mobilização visa chamar a atenção das autoridades pelo retorno das taxas e impostos pagos pelos produtores rurais. 

"A ação nasceu das bases, pequenos e médios produtores, que se sentem lesados por não verem a correta destinação dos recursos oriundos do Fethab 1 e 2 da soja e completamente insatisfeitos com a a nova taxação, o Fethab do milho", diz um trecho da nota encaminhada pela Aprosoja. 

Segundo os organizadores, 1,5 mil produtores participam da mobilização. 

Reação da AL 

Devido a uma campanha nas redes sociais, a Assembleia Legislativa reagiu ao movimento da Aprosoja, que aponta altos investimentos no Poder Legislativo por meio do duodécimo. 

Leia nota da Assembleia Legislativa clicando aqui:

Leia também

Deixe seu comentário!