As informações foram confirmadas em nota pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Preso por tentar 'invadir' casa de prefeito leva tiros de borracha

Por Camila Ribeiro

O jovem Gustavo Lima Franco, que foi preso na noite do último sábado (8) após agredir um servidor da Prefeitura de Cuiabá e tentar invadir a casa do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), tentou fugir da Cadeia Pública de Várzea Grande (Capão Grande), no domingo (9). Ele acabou levando três tiros de bala de borracha na perna.

As informações foram confirmadas em nota pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).


Reprodução

Conforme o documento, o rapaz apresentou comportamento inadequado desde à chegada a cadeia, ainda na noite de sábado. Ele tentou resistir aos procedimentos de revista, alegando ter nível superior.

No local, foi informado pelos policiais que todos os detidos deveriam ser revistados.

Na manhã de domingo, ao ser avisado sobre os procedimentos de triagem médica, por conta das medidas de prevenção a Covid-19, ele desobedeceu a ordem dos policiais penais e tentou fugir correndo em direção ao portão de acesso

“Como não teve êxito, o homem correu em direção aos servidores para agredi-los e não atendeu às ordens de parada. Foi preciso intervenção da equipe de contenção, que precisou efetuar três disparos de arma com munição menos que letal (bala de borracha), todos na perna”, disse a Sesp em trecho da nota.

Ainda conforme a Secretaria, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e os policiais penais o acompanharam até o Pronto Socorro, onde foram prestados os atendimentos necessários.

Por fim, a Pasta informou que o suspeito saiu da unidade ainda no domingo, em cumprimento a um alvará expedido pela Justiça.

 

Agressão a servidor

Gustavo Lima foi detido por volta das 20 horas do sábado (8), após invadir a sub-prefeitura do bairro Jardim das Américas, em Cuiabá e agredir o guarda do local com um machado.  

Conforme apurou a reportagem, o suspeito chegou à sub-prefeitura e, no momento, em que foi atendido pelo guarda acabou agredindo-o. 

Ele desferiu alguns golpes de machado no capacete do servidor e também na moto utilizada pelo profissional. O rapaz ainda teria danificado a porta do local. 

Na sequência, alegando estar descontente com a atual gestão da Capital, teria ido até a casa do prefeito - também no bairro Jardim das Américas.

Ele chegou a desacatar os policiais e acabou detido, sendo encaminhado ao Cisc Planalto.

Leia também

Deixe seu comentário!