A vítima procurou a delegacia do município e também o Ministério Público Estadual para registrar o suposto crime.

Prefeito é acusado de passar mão nas nádegas de servidora dentro da prefeitura

Por Mário Andreazza

O prefeito de Matupá (695 km da Capital), Valter Miotto (MDB) está sendo acusado de importunação sexual contra uma servidora da prefeitura, de 20 anos, que não teve o nome divulgado. A vítima procurou a delegacia do município e também o Ministério Público Estadual para registrar o suposto crime.

De acordo com a ocorrência, a jovem teria sofrido o assédio no dia 18 de novembro no gabinete do prefeito, onde teria ido resolver uma demanda de trabalho.

O prefeito segue em viagem ao Rio Grande do Sul.
Reprodução

Supostamente, Valter teria forçado um abraço à funcionária antes dela sair da sala e nesse momento passado a mão nas nádegas da vítima. Ela teria se desvencilhado do prefeito e reclamado da situação, no entanto, ele teria insistido e falado que ‘só um pouquinho’.

Ainda segundo o depoimento, a vítima teria pedido respeito e falado que ‘tudo tem limites’. Ao perceber que a jovem realmente não tinha gostado da situação, Valter teria falado com ela que eles conversariam melhor após sua viagem ao Rio Grande do Sul.

Ainda segundo relato da vítima, o prefeito, dois dias antes, teria insistido para que eles saíssem juntos, porém, ela teria recusado.

A vítima teria afirmado que pediu demissão do emprego devido ao desrespeito do prefeito.

O caso segue em investigação.

Valter Miotto deixa o Executivo no próximo dia 31 de dezembro, já que no dia 1º de janeiro de 2021 Fernando Zafonato (DEM) assume o comando do munícipio.

Leia também

Deixe seu comentário!