Liderança pedetista

Fabrício Carvalho revela que não será candidato

O maestro da Orquestra Sinfônica da UFMT é filiado ao PDT e disse que esse ano deve se dedicar aos projetos pessoais

Publicado em

Fabrício Carvalho revela que não será candidato nesta eleição

O maestro da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fabrício Carvalho (PDT), revelou que não será candidato a nenhum cargo na eleição deste ano. Fabrício disse em entrevista ao Jornal da Capital, da Rádio Capital FM, nesta sexta-feira (13.05) que se dedicará a projetos pessoais.

“Eu vou dar uma notícia em primeira mão aqui na Rádio Capital. Eu não serei candidato a nada nessas eleições. Eu to retomando a minha carreira, retomando os meus estudos e to reorganizando a minha vida, então não serei candidato”, revela.

Fabrício participou da política partidária pela primeira vez em 2020 como candidato a vice-prefeito de Cuiabá na chapa com a ex-superintendente do Procon Estadual, Gisela Simona.

Carvalho foi questionado sobre o PDT ter sido prejudicado com a saída do deputado estadual, Allan Kardec (PSB), além de como ficaria a formação de chapas na sigla.

“O PDT de Mato Grosso hoje é presidido pelo vereador de Cuiabá, Lilo Pinheiro, um bom menino, um homem de respeito, de história. A saída do deputado Allan Kardec, de forma alguma prejudicou o partido, foi uma decisão pessoal dele, que fez os cálculos todos. Mas o PDT segue montando a sua chapa sob a liderança do Lilo Pinheiro”, disse.

Leia Também:  Homem que usou sangue de rapaz morto para fazer sinal da cruz é preso

O maestro ainda fez um balanço sobre sua rápida participação na política e como será a sua atuação daqui para frente.

“Nessas eleições os amigos vão me ver na Orquestra Sinfônica, nos microfones da Rádio Capital, falando sobre cultura, educação. Participar da política foi uma experiência importante de vida, entrei, tentei, fui muito bem votado. Escrevi programas de cultura, de educação, tentando devolver para a cidade o que ela me deu. Agora eu volto para as minhas origens, para a minha empresa, para o projeto de Literamúsica”, finaliza.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

CIDADES

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI