A vítima foi atingida por 3 disparos de arma de fogo na cabeça.

Polícia prende suspeito de envolvimento na morte de jornalista em Mato Grosso

Por Yuri Ramires

Rapaz de 23 foi preso na manhã desta quinta-feira (26), pela Polícia Civil de Peixoto de Azevedo(691 km ao Norte de Cuiabá), suspeito de matar o jornalista Edney Menezes, 44, na noite de domingo (15), no centro da cidade. A vítima foi atingida por 3 disparos de arma de fogo na cabeça.

Conforme as informações obtidas pelo , investigadores cumpriram mandado de busca e apreensão e de prisão na casa do suspeito, que fica no bairro Aeroporto.

Reprodução
Reprodução

As equipes chegaram no local por volta das 6h. Lá, eles apreenderam uma motocicleta Honda, ao menos 3 peças de roupa – shorts, camiseta e casaco. Além de um aparelho de celular.

O suspeito foi identificado como V.O.B., o nome completo será preservado até que os comparsas sejam presos. Conforme apurado, mais duas pessoas estão sendo procuradas por envolvimento no crime, que ainda não teve a motivação esclarecida. O preso foi levado para a delegacia e será ouvido pelo delegado responsável pelo caso.

 

3 tiros na cabeça

Imagens de uma câmera de segurança gravaram o momento que em o carro do jornalista, um HB20 preto, para na esquina de um cruzamento por volta das 22h22, da noite de domingo 15 de novembro.

Um homem que está no banco do carona desce e segue em direção da calçada. Minutos depois, uma Motocicleta com duas pessoas sobe a avenida na contramão, e às 22h23, para ao lado da porta do motorista, onde Ediney estava.

O garupa dispara vários tiros. É possível ver nas imagens que os tiros foram dados a pouca distância da vítima. Ao menos 3 tiros atingiram a cabeça do jornalista.

Leia também

Deixe seu comentário!