Polícia Federal e PRF prendem líderes de organização criminosa foragidos do Amapá

O chefe da facção estava foragido desde outubro de 2020 e tinha 2 mandados de prisão em aberto.
Foto: Reprodução

Uma ação conjunta da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam, nesse domingo (25.07), por volta das 16 horas, o chefe de uma facção criminosa do Amapá, e seus comparsas, todos com mandados de prisão em aberto, sendo um deles acusado do homicídio de um policial.

Conforme a PF, durante fiscalização de combate em Rondonópolis, a PRF abordou uma caminhonete ocupada por quatro homens. Na abordagem, dois deles apresentaram RGs com indícios de falsificação, e um terceiro relatou que era foragido da justiça, ao dizer seu verdadeiro nome. Os três suspeitos foram detidos e conduzidos até a Delegacia da Polícia Federal. Após longo interrogatório, e diligências junto à Polícia Civil do Estado do Amapá, os policiais federais identificaram os indivíduos.

O chefe da facção estava foragido desde outubro de 2020 e tinha 2 mandados de prisão em aberto pendentes de cumprimento, além de responder a processos na Justiça do Amapá por crimes de homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo e associação ao crime organizado.

Leia também

Deixe seu comentário!