Misto de Toro, Compass e Cronos, interior do Fiat Pulse é revelado

saiba mais

O mistério já se transformava em formalidade quando a Fiat decidiu, nesta segunda-feira (26), revelar o interior do Pulse, seu novo SUV compacto. Após vazamentos, a marca finalmente divulgou o painel da versão topo-de-linha do modelo, que aposta em detalhes para ser ousado e atraente.

                              Painel da versão de topo do novo SUV da Fiat, Pulse

                             _Divulgação/Fiat Painel da versão de topo do novo SUV da Fiat, Pulse

Como adiantado desde o início do ano por QUATRO RODAS, o utilitário que compartilha porções mecânicas e estéticas do Fiat Argo apostará em tecnologia para se destacar. Desse modo, o interior de Compass e Commander surge em versão mais simples, com central multimídia flutuante e painel de instrumentos digital.

O quadro de instrumentos, por outro lado, é o mesmo da Fiat Toro, com tela TFT de 7’’ polegadas que não dá show mas que atende bem ao propósito e se disfarça melhor ainda em meio aos marcadores de combustível e temperatura do óleo, idênticos aos da picape.

Para aproveitar o visor colorido, a Fiat apostará em animações caprichadas, que entregam informações do carro ao condutor via interface intuitiva e agradável. É uma experiência comercial válida, que a fabricante também explorou sem constrangimento com um chamativo botão vermelho no volante esportivo aproveitado do Cronos S-Design que urge ser notado.

Trata-se do modo Sport, que por mais que pareça algo digno de fazer o Pulse voar, basicamente aproveita a transmissão CVT e bloqueio eletrônico do diferencial dianteiro para oferecer relações mais curtas e obedientes ao excelente (e inédito) motor 1.0 turbo, que promete ser o mais potente de sua categoria no Brasil.

Se à esquerda há alma de Toro, o restante do painel, na verdade, é uma versão simplificada mas ainda visualmente elegante dos Jeep Compass e Commander, com grande seção horizontal em cor distinta e central flutuante de 8,4’’ nas versões mais baratas ou 10,1’’, na gama premium do carro.

A central utiliza o novo software Uconnect 5, que apresenta respostas mais rápidas e, principalmente, recursos além-carro, baseados em parcerias com Tim, Amazon, McDonald’s etc. Desse modo, graças ao chip 4G embarcado no Pulse é possível acessar a internet e, como um cartão de crédito flex, pagar idas ao drive-thru, pedágios, abastecimento e mais através do Fiat Cart.

A modernidade também se aplica ao controle de cruzeiro, assistente de frenagem de emergência e assistente de permanência de faixa, de série no Pulse mais caro. As versões mais básicas não trarão as assistências, entretanto.

Para predominar sobre forte concorrência, o Pulse quer ter apelo jovem e tecnológico, de modo que centrais multimídias e alta conectividade serão oferecidas desde variantes mais baratas. O motor das versões manual e Drive, entretanto, será o 1.3 do Argo.

Segundo a gerente Isabella Vianna, há “novas tecnologias que ajudam a diferenciar as superfícies, como texturas a laser e tecidos exclusivos, além de pinturas e acabamentos especiais”. O que se vê, porém, é um excesso de plásticos que, ao redor da cabine, tenta se disfarçar através de alto relevo ou pinturas que imitam compostos mais nobres.

A Fiat ainda não confirma, mas o lançamento do Pulse está previsto para setembro ou outubro, quando também chega o irmão Citroën C3. Antes disso é a vez do Jeep Commander e do subcompacto 500e serem apresentados ao mercado brasileiro, no ritmo insano que a Stellantis vem conduzindo enquanto a concorrência briga contra a inércia.

 

*Por Eduardo Passos - Leia a matéria completa no:

https://www.msn.com/pt-br/carros/noticias/misto-de-toro-compass-e-cronos-interior-do-fiat-pulse-%c3%a9-revelado/ar-AAMA3YP?li=AAvXh0u

Leia também

Deixe seu comentário!