“Não acredito que Emanuel saia do partido”, diz presidente do MDB

A saída do prefeito de Cuiabá é cogitada após especulações sobre a corrida eleitoral de 2022

O presidente do partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB) em Cuiabá, José Lacerda, afirmou em entrevista à Rádio Capital FM na manhã desta quinta-feira (06.05) que não acredita na saída do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, do MDB.

“Eu não acredito que Emanuel saia do MDB. Ele é um companheiro bom dentro do MDB. O Emanuel pinheiro é um nome bom, nós temos outros nomes dentro do MDB. Eleitoralmente o MDB em mato grosso tem uma representatividade muito forte. O partido nessa região, Cuiabá é MDB, Kalil de Várzea Grande também do MDB. Então tem muitas possibilidades”, declara.

O MDB em Mato Grosso possui 23 e atualmente, são 4 governadores, 15 senadores, 34 deputados federais, 93 deputados estaduais, 779 prefeitos e 7.277 vereadores no país.

Lacerda disse que a aliança de 2018 com o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), terá que ser renovada para a próxima eleição em 2022 até porque a convenção partidária não tem validade.

“Nós temos hoje uma aliança com O governador mauro mendes e essa aliança foi montada em 2018 e ela não foi extinta. Ela continua até o final do mandato. Mas ano que vem nós temos eleição, pode ser mantido ou termos outra composição né? A convenção de 2018 não tem validade para 2022. Ela pode estar consolidada ou não. Vai depender de como a situação política estará na época”, declara.

Leia também

Deixe seu comentário!