Abílio Júnior também afirma que resultado final da CPI do paletó será controlado

‘A gestão do prefeito, e eu provo por “a” mais “b”, é corrupta. O prefeito é corrupto enquanto prefeito, não só quando ele era deputado’, diz vereador

Por Ariana Martins

Em entrevista ao Jornal da Capital 1ª Edição, desta terça-feira (14), o vereador por Cuiabá Abílio Júnior (PSC), falou sobre decisão da justiça em retomar a CPI do Paletó que estava parada desde outubro de 2019.

“Eu acho que o Prefeito está absolutamente tranquilo por ter maioria na Câmara. Eu acho sim que a única preocupação do prefeito é que o processo como ele zerou, porque com a vitória do Vereador Diego no processo, retirou os vereadores Adevair Cabral e Mário Nadaf, tudo que foi produzido passa a não valer, tem que ser produzido de novo. Então o Marcelo Bussiki vai ter que trazer de novo o Silval, Silvio, tentar trazer o Riva agora se ele conseguir, então o Marcelo vai ter que conduzir a CPI do Paletó novamente. A única preocupação do prefeito é o palanque que vai ter lá dentro do plenário pra que o Silval, Silvio, Riva e quem mais quiser possa dar novos depoimentos dentro do plenário”, disse Abílio.


Ver. Abílio Júnior (PSC) / Foto: Capital Nóticia

Para o parlamentar a votação do resultado final da CPI será totalmente controlada.

“Ouvir as pessoas, vai ter que ouvir não tem problema, agora eu acredito que o resultado final vai ser controlado. É ano eleitoral. É o ano que escolhe prefeito, vereador, tem até senador pra ser escolhido esse ano, então é um ano que todas as pessoas que estão envolvidas nesse processo político, tem que medir muito bem as ações que vão tomar, principalmente os vereadores aliados do prefeito ou os políticos pretensos a se candidatar e ser apoiado pelo prefeito, tem que pesar muito bem. Será que a população vai aceitar a política que está ai instalada?

O vereador Abílio Júnior ainda acusa a gestão do prefeito Emanuel Pinheiro de ser corrupta.

“Lembre-se o prefeito não está envolvido apenas no escândalo do paletó. O prefeito está ai na corrupção do aluguel fantasma da sec 300 anos. Tem o secretário de saúde do prefeito que foi preso. Tem denúncias do secretario de obras. Tem denúncia de tudo que é lugar, novo hospital com um monte de denuncia de corrupção, então a gestão do prefeito Emanuel pinheiro não é uma gestão bonita que só teve a falha de colocar dinheiro no paletó. A gestão do prefeito Emanuel pinheiro, e eu provo por “a” mais “b”, é uma gestão corrupta. O prefeito é corrupto enquanto prefeito, não só quando ele era deputado e pode me processar porque eu provo com todas as cópias. A CPI da saúde chegou lá e apresentou provas pra Câmara Municipal. A CPI da saúde pediu a cassação do prefeito por corrupção, não é só por dinheiro no paletó. Corrupção na saúde, roubando dinheiro da saúde, fazendo fraude em processos licitatórios na saúde e por mais que tentaram colocar pecha no Huark, só no Huark que ele foi preso, existe uma série de pessoas envolvidas nesse processo que continua trabalhando na secretaria de saúde. Então, o combate a corrupção que a gente faz não é porque o prefeito colocou dinheiro no paletó enquanto ele era deputado, porque ele é corrupto hoje, ele era corrupto quando deputado. Você vai ver lá a questão das notas falsas, esmeraldas falsas, a questão do dinheiro do paletó, então não é uma pessoa que era corrupta antes e virou santa depois que virou prefeito, era uma pessoa que era corrupta antes e agora enquanto prefeito é corrupto também só que o Ministério Público e o Tribunal de Contas tentam mitigar o processo”, disse o parlamentar.

Ao ser questionado se vai concorrer à vaga de Selma no senado, Abílio responde:

“Olha, Abílio está nas mãos de Deus essa é a verdade. Não é demagogia não, e sabe porquê? Porque se o Abilio for cassado pela Câmara, ele fica inelegível. Nós estamos numa situação politica de maior instabilidade política. Não dá pra projetar o futuro como qualquer outro candidato. Porque se eu fico inelegível por 8 anos, se cassado for, eu passo a sumir da política. Você vai pro ostracismo da política. 8 anos fora da politica não tem como planejar nada. Se o Abílio for pré-candidato a senador agora, que possibilidade a gente tem de não ser cassado e esse processo será que vai terminar antes ou será que vai terminar depois, então existe uma variedade de situações que não tem como eu chegar e falar sou pré-candidato ao senado, a prefeito ou a vereador. Minha certeza é: eu quero participar de todos esses processos políticos. Eu quero participar seja como candidato, seja como pessoa que está apoiando outros candidatos”, esclareceu o vereador.

O vereador ainda falou sobre pedido de cassação de seu mandato que volta a ser julgado na Câmara em fevereiro, ouça o áudio da entrevista na íntegra abaixo:

 

Leia também

Deixe seu comentário!