Goiás procurou Luxemburgo e Rogério Ceni antes de acerto com Marcelo Cabo

Diretoria esmeraldina iniciou os contatos antes da saída de Marcelo Cabo do Vasco; outra opção foi Dorival Júnior

                              

                             _Foto Reprodução

Antes de contratar Marcelo Cabo, que assistiu à vitória sobre o Botafogo in loco no estádio Nilton Santos, na última terça, o Goiás entrou em contato e tentou contratar dois técnicos bem conhecidos do futebol brasileiro: Vanderlei Luxemburgo e Rogério Ceni.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes 820 AM, Edminho Pinheiro, vice-presidente do conselho deliberativo e um dos responsáveis por negociar a contratação do novo treinador, afirmou que entrou contato com os dois treinadores na noite de domingo, quando Marcelo Cabo ainda era treinador do Vasco.

Edminho citou a amizade pessoal que tem com Vanderlei Luxemburgo e afirmou que conversou com o técnico por telefone, porém, não teve retorno na segunda-feira. O mesmo aconteceu com Rogério Ceni, com quem o dirigente esmeraldino conversou por meio de mensagem. Para Edminho, apesar das dificuldades para ter acerto com os dois treinadores não custava nada tentar. Outro nome procurado pelo Goiás foi o de Dorival Júnior.

- Liguei para o Luxemburgo, que é meu amigo particular. O Marcelo Cabo ainda era treinador do Vasco. O Luxemburgo me disse que estava com seu projeto (particular). Tentei usar da minha amizade com ele, conversamos uma hora e meia. Ele me explicou, ainda estava decepcionado com sua saída do Palmeiras. Pedi ele para pensar e ficar uns quatro meses em Goiânia. Ele disse que iria me ligar. No mesmo dia, mandei uma mensagem para o Ceni. Sabendo que era apenas para cumprir uma situação. Ouvir e saber que era quase impossível eu já sabia, mas não custa nada tentar – disse o dirigente, que completou:

"Dormi e quando acordei de madrugada vi que o Rogério Ceni tinha me respondido. Ele falou que assim que desse me ligava. O presidente Paulo Rogério Pinheiro também tem uma amizade muito forte com o Dorival Júnior e disse que ligaria para ele só depois que oficializássemos a saída do Pintado. Fiquei aguardando a ligação do Luxemburgo e do Ceni, o que não aconteceu" (Edminho Pinheiro, dirigente do Goiás).

Segundo Edminho, Dorival Júnior passa por um problema particular e, por isso, não pôde aceitar o convite do Esmeraldino e nem de outra equipe. Ele ainda afirmou que o empresário do técnico Lisca, Jorge Machado, entrou em contato com a diretoria esmeraldina, mas depois não atendeu mais as ligações – Lisca foi anunciado pelo Vasco.

 

O acerto com Marcelo Cabo

Assim que Marcelo Cabo foi demitido do Vasco, o treinador, que já teve passagens de sucesso na própria Série B por Atlético-GO e CSA, se tornou alvo do Goiás. Cabo estava no Rio de Janeiro e após o acerto por telefone já se dirigiu ao estádio Nilton Santos para acompanhar a vitória esmeraldina sobre o Botafogo.

- O meu amigo Luxa não tinha me ligado ainda. O Ceni não retornou para mim. Toda vida o Marcelo Cabo foi uma vontade do presidente (do conselho) Hailé Pinheiro. Mas ele não sabia que o Cabo tinha sido demitido. Peguei o telefone e falei uma hora e meia com o Cabo. Expliquei tudo o que está acontecendo no Goiás. Ele também disse que era uma vontade muito grande terminar o ciclo aqui em Goiânia (já treinou Atlético-GO e Vila Nova) e dirigir o Goiás. O Cabo foi campeão onde passou. Será que é só coincidência? subiu como campeão (Atlético-GO) e como vice (CSA). E a conversa foi dando certo. Ele foi ao jogo, acompanhou e é pé quente, pois ganhamos – disse Edminho Pinheiro à Rádio Bandeirantes 820 AM.

A missão de Marcelo Cabo é levar o Goiás de volta para a Série A. Apesar de a diretoria ter optado pela saída de Pintado após o empate contra o Londrina, o Verdão sempre esteve ou no G-4 ou próximo da zona de acesso. Internamente, o clube entende que o time poderia render mais. Por isso, a troca foi feita. Atualmente o Goiás ocupa a quarta posição, com 23 pontos. Marcelo Cabo fará sua estreia oficial na próxima sexta-feira, fora de casa, contra a Ponte Preta.

 

*Leia a matéria completa no:
https://ge.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/goias-procurou-luxemburgo-e-rogerio-ceni-antes-de-acerto-com-marcelo-cabo.ghtml

Leia também

Deixe seu comentário!