Lenine Martins trabalhou na Secretaria de Comunicação Social (Secom) do governo de Mato Grosso por 42 anos

Fotografo morre de Covid-19; Governo lamenta

Por Ariana Martins

Morreu nesta sexta-feira (23), o repórter fotográfico Lenine Martins, de 64 anos, vítima do novo coronavírus (Covid-19).

Lenine estava internado desde o dia 1º de outubro em um hospital particular de Cuiabá e precisou ser transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 4.


Fotojornalista Lenine Martins trabalhou como servidor do Estado por mais de 40 anos - Foto: Reprodução

Através das redes sociais a filha dele, Larissa Cristal, anunciou o falecimento. 

"É com uma gigantesca dor que informo o falecimento do meu pai, Lenine Martins. Não haverá velório. Faremos uma carreata. Obrigada a todos que torceram e oraram pela recuperação dele", lamentou.

Por meio de nota, o governo do Estado lamentou a morte, ressaltando a atuação de Lenine que atuou na Secom por mais de 40 anos.

"Lenine era servidor efetivo e atuou por 41 anos na Secretaria de Comunicação. Mesmo após a aposentadoria continuou fotografando e permaneceu no Estado como funcionário comissionado entre os anos de 2014 a 2019. Ele começou a trabalhar para o governo na gestão de José Fragelli, entre os anos de 1971 e 1975. Na época, um funcionário da assessoria de imprensa do então governador. Tornou-se fotógrafo no governo de Frederico Campos, entre 1979 e 1983", diz trecho da nota.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, lamentou a morte do fotógrafo e externou condolências à família e amigos.

“Foi um funcionário que dedicou sua vida a servir ao Estado. O trabalho de Lenine, está registrado na história da fotografia de Mato Grosso. Que Deus dê forças aos familiares e amigos e abençoe a todos neste momento difícil”.

Colegas de trabalho também lamentaram a morte do fotógrafo, relembrando os momentos em que trabalharam juntos.

“Tive o prazer de trabalhar com Lenine. Um profissional que amava o que fazia e um ser humano incrível. Fará muita falta. Meus profundos sentimentos à família”, disse a secretária adjunta de Comunicação, Laice Souza.

O repórter fotográfico Mayke Toscano fez questão de destacar ter aprendido muito com Lenine. “Perco um grande amigo, que conheci no início da minha carreira. Lenine, o fotógrafo que trabalhou por mais tempo na Secom, 40 anos de história. Aprendi muito com ele”. (Com informações da Secom-MT)

 

 

Leia também

Deixe seu comentário!