EUA preparam nova arma de microondas para 'derreter' drones inimigos

A arma está sendo construída pelo Exército e a Força Aérea dos EUA. As microondas podem derrubar um grande número de drones de uma só vez

em 13/08/2019

Arma de Microondas

*Redação Olhar Digital 

O Exército dos EUA está impulsionando a Força Aérea do país a desenvolver uma arma de microondas de alta potência para combater drones inimigos. A ideia é que as forças armadas estejam prontas para qualquer tipo de ameaça.

O dispositivo faz parte de uma série de armas que estão sendo projetadas para derrubar aeronaves inimigas, foguetes, mísseis e drones.

A radiação das microondas tem o poder de destruir equipamentos eletrônicos expostos a eles, "cozinhar" circuitos internos de equipamentos e fazer com que componentes derretam.

O Pentágono pesquisou armas de microondas de alta potência durante anos, mas a ameaça crescente dos drones pode ter sido o incentivo perfeito para que as pesquisas avançassem. Os militares querem estar preparados para a possibilidade de enfrentar drones suicidas no campo de batalha.

As atuais armas anti-drones incluem bloqueadores de sinal, armas de disparo direto e redes para que eles sejam capturados. Mesmo assim, muitas dessas armas são eficazes para um pequeno número desses dispositivos, e não para um número alto. Por isso, o Exército quer estar pronto para qualquer tipo de ameaça aérea.

As vantagens das armas de microondas incluem que ela não é afetada pela chuva e outras intempéries. Além disso, ela não depende de carregamento de munição. Enquanto o gerador elétrico estiver ligado, a arma continuará a "disparar".

Um protótipo conjunto dessa arma de microondas do Exército/ Força Aérea deve estar operacional até 2022.

Via: Popular Mechanics



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias