Emanuel nega convite oficial do DEM, mas não descarta “voltar para o ninho”

Segundo Pinheiro, em uma reunião com Jayme Campos foram relembrados os “bons tempos” do PFL
Foto: Anderson Hentges

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirma ter um carinho e relação histórica com a família Campos e o Democratas (DEM), mas negou que tenha recebido um convite oficial do senador Jayme Campos para se filiar ao partido.

Emanuel confirmou que ele e o senador conversaram sobre essa possibilidade, no entanto informalmente. “Houve uma conversa, uma reunião e teve uma sondagem”.

Segundo Pinheiro, na reunião foram relembrados os “bons tempos” do PFL, atual DEM. Questionado sobre uma possível migração partidária, Pinheiro não descarta a possibilidade. “Eu não penso em deixar o MDB, mas não descarto voltar um dia para o meu ninho, então eu não sei”.

Sobre o suposto convite feito pelo senador Jayme Campos para a filiação ao Democratas , o prefeito da capital disse ter gostado dos boatos e reafirma que não houve nada formal. “Gostei porque tá se mostrando vários partidos querendo a gente, buscando os interesses, mas não houve nada formalizado”.

Vale ressaltar que Emanuel se elegeu vereador pela primeira vez pelo antigo PFL e teve quatro mandatos pelo partido, sendo dois de vereador por Cuiabá, dois como deputado estadual, além da primeira candidatura para a chefia do Palácio Alencastro em 2000.

A ala do DEM liderada por Jayme e por seu irmão Júlio Campos também foi convidada por Emanuel  para  aderir à gestão municipal, inclusive com cargos na Prefeitura. (Colaborou Adão de Oliveira)

Leia também

Deixe seu comentário!