Dourado perdeu novamente para o Grêmio e se despede após fazer história na competição

Cuiabá para nas quartas de final da Copa do Brasil e retoma foco na Série B

 

 

 

 

 

 

 

Foto: AssCom Dourado

O Dourado não conseguiu avançar para a fase semifinal da Copa do Brasil. Diante do Grêmio, a equipe comandada pelo técnico Allan Aal foi superada por 2 a 0 (gols de Diego Souza), na tarde desta quarta-feira, na Arena do Grêmio, e foi eliminada da competição.

A equipe volta a atenção para a Série B do Brasileirão, onde permanece no G4 e recebe o CSA no próximo sábado (21), na Arena Pantanal, pela 22ª rodada.

O jogo

Com a missão de reverter o placar da partida de ida, vencida pelo tricolor gaúcho por 2 a 1, o Dourado teve dificuldades nos primeiros minutos de bola rolando. Logo aos 9” de jogo, em sua primeira investida ao ataque, o Grêmio marcou com Diego Souza, de cabeça.

O golpe não afetou o Dourado, que buscou rodar a bola procurando espaços na defesa do Grêmio, que recuou e passou a explorar a velocidade do seu contra-ataque.

E foi justamente em jogada de contragolpe, no momento em que o Dourado era melhor em campo e dominava as ações do jogo, que, Diego Souza, mais uma vez bem posicionado dentro da pequena área, ampliou o placar para o Grêmio aos 41.

Antes do encerramento do primeiro tempo, o Dourado perdeu o atacante Willians Santana, que sentiu o joelho em lance com o zagueiro Geromel, e foi substituído por Perdigão.

No intervalo, o técnico Allan Aal sacou Yago e colocou o lateral-direito Lenon, adiantando Hayner para o ataque. O camisa 2 passou a incomodar a defesa gremista durante boa parte do segundo tempo, porém, a solidez defensiva do adversário conseguiu anular as jogadas agudas do Dourado.

As melhores chances do Cuiabá na segunda etapa foram com Elvis, em duas cobranças de falta que o meia não aproveitou.

Com a vantagem no placar, o Grêmio permaneceu no contragolpe e só assistiu o Dourado trocar passes, esperando o apitou final para confirmar a classificação.

Final de jogo na Arena do Grêmio: 2x0.

Em sua primeira partida a frente do Dourado, o técnico Allan Aal mandou a campo: João Carlos, Hayner (Diego Jardel), Anderson Conceição, Ednei e Romário, Nenê Bonilha (Auremir), Matheus Barbosa e Elvis, Yago (Lenon), Maxwell (Pierini) e Willians Santana (Perdigão).

Leia também

Deixe seu comentário!