Medida busca controlar o avanço do vírus em Rondonópolis, onde há 289 casos confirmados.

Após nove mortes por Covid-19, Rondonópolis proíbe todas as atividades nos finais de semana

A Prefeitura de Rondonópolis decidiu pela publicação de um novo decreto municipal que entrará em vigor nesta quinta-feira (4) com determinações para conter o avanço dos casos de Covid-19. A medida foi tomada após a nona morte por Covid-19 na cidade.

Entre as definições está a proibição de abertura de todos os estabelecimentos – empresas de serviço, comércio e indústrias – após as 22 horas de segunda a sexta-feira e aos sábados e domingos ao longo de todo o dia.


Divulgação

A proposta com novas restrições foi aprovada pelos membros do Comitê e visam a redução no número de casos da doença, bem como a quantidade de pessoas internadas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A iniciativa busca evitar que o município tenha que decretar o fechamento total das atividades e promover a proibição da circulação das pessoas por motivos não essenciais.

Segundo o prefeito Zé Carlos do Pátio, com o crescimento no número de casos de Covid-19 nos últimos dias é fundamental a adoção de medidas que busquem conter a transmissão do vírus e garantir atendimento médico para todos que necessitarem.

“Sabemos o quanto a manutenção da atividade econômica é importante, mas temos que pensar na vida das pessoas. Por isso, optamos em aumentar as restrições e apelamos para que todos se conscientizem sobre a importância do isolamento”, afirma.

Conforme a proposta, nenhum estabelecimento poderá funcionar após às 22h de segunda a sexta e aos sábados e domingos fica proibida a abertura de todos os estabelecimentos, incluindo o comércio e prestadores de serviços.

A medida visa reduzir ao máximo a circulação de pessoas, especialmente nos fins de semana, quando o fluxo aumenta, bem como as aglomerações.

De acordo com representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que integram o Comitê, aos sábados ocorre um aumento significativo de pessoas de outras cidades da região que vão para Rondonópolis, aumentando o fluxo e aglomerações.

Para essa medida, levou-se em consideração ainda o crescimento de casos de Covid-19 entre a população mais jovem, com 99 casos confirmados entre pessoas de 19 a 35 anos, até esta terça-feira (2), e o aumento das mortes, com nove casos já confirmados, sendo a maioria deles entre as pessoas do grupo de risco.

Casos

De acordo com dados do boletim da Secretaria Municipal de Saúde desta terça-feira (2), Rondonópolis tem 289 casos confirmados de Covid-19, com mais 270 casos suspeitos.

Leia também

Deixe seu comentário!