FG ASSESSORIA

Advogada de defesa de Coronel Zaqueu diz que cliente e outros 'foram enganados por grupos políticos'

Sobre a acusação de que o coronel Zaqueu falsificou documentos, a defesa rebateu que o réu tenha cometido esse crime.

em 07/11/2019

Há mais de uma hora a defesa do coronel Zaqueu Barbosa argumenta sobre a idoneidade do réu e de que ele não teve envolvimento no caso conhecido como grampolândia pantaneira. Segundo a advogada Cibelia Menezes, o coronel e outros foram "enganados por esse grupo político".

De acordo com a defesa de Zaqueu, as tentativas de delação premiada tem o objetivo de "macular a imagem" do militar.


Reprodução

"O Ministério Público quer usar as escutas clandestinas ilegais para condenar o coronel Zaqueu, e, ao mesmo tempo, quer validar as escutas ilegais. Ora, se é ilegal, não deve ser utilizado como prova", argumentou a advogada.

Menezes também enfatizou que as declarações de Zaqueu na Polícia Civil não trazem nenhum prejuízo para o julgamento, tendo em vista que o caso das escutas ilegais tramita na 7ª Vara Criminal.

A declaração se refere ao pedido do ex-governador Pedro Taques (PSDB) de suspensão do julgamento, porque o coronel declarou à Polícia Civil que o ex-governador ordenou a destruição das placas utilizadas nos grampos ilegais.

Sobre a acusação de que o coronel Zaqueu falsificou documentos, a defesa rebateu que o réu tenha cometido esse crime. "Vocês ouviram do Zaqueu Barbosa que ele teria feito isso? Não, ninguém ouviu isso porque ele não falou. Então temos que tomar cuidado quando se fala em réus confesso. Não há isso, o Ministério Público tenta impor que estamos diante de réus confessos. E isso não é verdade".

Para a advogada, o MPE "não está convencido das provas que produziu" e, por isso, "tenta pressionar o Conselho de Sentença para divergir do juiz Marcos Faleiros, ao dizer que eles podem divergir do voto do juiz, como se soubesse antecipadamente o voto".

Ela ainda se dirigiu aos coronéis do Conselho de Sentença da 11ª Vara Militar. "Não sinta-se constrangidos, encurralados para ter que condenar".

Por: Gazeta Digital



Tags

Deixe seu comentário!


Mais Notícias