Capital Notícia
Emanuel propõe unir forças com Mauro e diz estar à disposição do governador

Emanuel propõe unir forças com Mauro e diz estar à disposição

Emanuel Pinheiro assegura que a população tem feito pedidos para sanar brigas com Mauro Mendes – Foto: Reprodução

Emanuel Pinheiro (MDB), prefeito de Cuiabá, afirmou estar disposto a cessar as brigas políticas com seu maior rival político, o governador Mauro Mendes (DEM), para benefício da população cuiabana. A afirmação do emedebista foi durante live na noite dessa terça-feira (11.01) nas redes sociais. “A gente não precisa ser amigos, mas vamos unir forças”, declarou.

A fala está atrelada a elaboração de ações em combate a pandemia da Covid-19 e também o vírus da Influenza. “Não é vergonha nenhuma querer o melhor para a nossa gente. Governador, estou à sua disposição por Cuiabá e pela gente cuiabana que tanto amo a minha cidade, tanto prezo a minha gente e o meu povo. Conte com a prefeitura de Cuiabá para unir esforços e combatermos o inimigo comum que é a pandemia, a Ômicron que é uma ameaça, Síndrome Respiratória Aguda Grave e qualquer outra ameaça que perturbe”, disse.

Leia também: Emanuel anuncia novos secretários para Saúde e Turismo; Saiba quem

Conforme o Chefe do Executivo municipal, nos últimos dias tem recebido orientações e opiniões sobre a richa com Mauro Mendes, que ainda segundo o emedebista, tem o feito pensar sobre o assunto.

“Emanuel, para com essa briga, para de bater boca com o governador, isso não leva a nada, isso só traz prejuízo, quem perde com isso é Cuiabá, quem perde é gente, some esforços. A gente não precisa ser amigos, mas vamos unir forças, e é verdade, pensei, refleti, ouvindo a minha família, nosso grupo político, é verdade”, completou.

Como argumento, Pinheiro mencionou que na política é necessário manter alianças mesmo com lideranças consideradas inimigas. “Dá aquela raiva, sou ser humano também, tenho sangue nas veias, da raiva, reação imediata, principalmente eu que sou muito emotivo, mas a maioria da população tem razão, quem sai perdendo nessa relação infrutífera é a população cuiabana e eu não estou aqui para isso, até porque eu faço tudo por Cuiabá e não interessa a ninguém essa bate boca. Portanto, eu que sempre defendo a boa política, a arte da política é a arte do diálogo, quem  está na política tem que estar aberto a conversar, a arrogância não leva ninguém a absolutamente lugar nenhum”.

Devido ao aumento dos casos da Covid-19 nos últimos dias, não só em Cuiabá, mas em todo o estado de Mato Groso, Emanuel chegou a solicitar que o Centro de Triagem na Arena Pantanal seja reaberto. Demanda que foi criticada pelo chefe do Palácio Paiaguás, o governador Mauro Mendes, que chegou a orientar Pinheiro a comprar testes da Covid-19 para diagnostico da doença nos cuiabanos.